“Mulher de Bigode” no Poço da Panela

Quem disse que mulher de bigode não tem seu charme? Tem, e muito. Principalmente se for inspirada em Frida Kahlo (1907-1954), uma das personagens femininas mais emblemáticas da história e das artes no México. E que até hoje habita o imaginário de pessoas de todo o mundo. No Recife, é fácil observar-se fantasias de Frida durante o carnaval. Frida teve uma vida sofrida – marcada por acidentes e dores – além de tumultuadas relações amorosas. Viveu com Diego Rivera mas tinha admiradores como Trotski (com o qual teria um caso extraconjugal), Picasso, Breton, Kandinsky. Somente.

Era, também, uma mulher de traços marcantes, com excesso de pelos no rosto, inclusive sobrancelhas conjugadas. Frida é a inspiração da “brincadeira” que acontece no Poço das Artes, a partir das 13h do domingo, no bairro do Poço da Panela, quando ocorre um ensaio informal do Bloco Mulher de Bigode, que tradicionalmente desfila no mesmo dia da saída do Bloco Os Barbas. No domingo, além do tradicional chorinho comandando por Beto do Bandolim, serão comercializadas roupas e adereços de inspiração mexicana, assinadas por Ester Bispo, uma das mais criativas e respeitadas artesãs do Recife.

No local, vai haver um estande com maquiador, para quem quiser entrar no clima com a cara de Frida. Haverá fotógrafo de plantão para documentar as fridas  pernambucanas, e Luis Santos também estará no local com o seu lambe-lambe. A festa acontece na rua Álvaro Macedo, 54, a mesma rua onde fica a Venda de Seu Vital, e na qual sempre tem sessão de chorinho, às tardes dos domingos.  Falar em Seu Vital, na noite dessa sexta, já tem efervescência no Poço com venda de camisas do Bloco Os Barbas, naquele tradicional ponto de encontro no bairro da Zona Norte. Para os que não sabem, a Álvaro Macedo é uma rua defronte da Igreja de Nossa Senhora da Saúde.

Leia também:

O Poço das Artes de Clarissa Garcia
“Poço” do Poço, chorinho e bandolim
Chorinho movimenta Poço da Panela
História do Jardim Secreto para crianças
Olha! Recife vai pelo Poço da Panela

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *