Nordeste na veia e na verve

O Baile do Menino Deus é uma festa que nunca termina. Encenado há 34 anos e há 14 no Marco Zero, no Recife Antigo,  o espetáculo está para o período natalino como o Drama da Paixão (de Fazenda Nova), para a Semana Santa. Virou roteiro obrigatório, programa de família. Assisti O Baile pela primeira vez, quando meus filhos ainda eram crianças. Lembro de Juliana e Joana Carolina cantando os versos da peça de Ronaldo Correia de Brito e Assis Lima, musicados por Zoca Madureira.

Depois, foram meus netos. “José Carpinteiro procura agasalho / as horas não param / já canta o galo “. Ou seja, O Baile do Menino Deus é mesmo uma festa que não acaba.  Virou tradição, que passa de geração a geração. Mas confesso que gostava muito das primeiras e singelas apresentações.

Baile do Menino Deus cresceu, sem perder a veia nem a verde do Nordeste, incorporando elementos do nosso folclore.

O espetáculo  ganhou a grandeza dos musicais da Broadway, sem no entanto, perder a sua identidade, nem dar as costas para as raízes nordestinas. Está todo mundo lá, de Mateus a Catirina, do Boi a Jaraguá ,  pastoras, a burrinha Zabilim, José Carpinteiro, Maria, Jesus menino. Soube que em 2017, o espetáculo ganha presença afro, com a chegada de orixá guerreiro, Ogum. O bom disso tudo é que é de graça. É só chegar cedo, para garantir um lugar sentado. Leve pai, mãe, avós, filhos, netos. Todos vão adorar.

O Baile será encenado nesse sábado (23), domingo (24) e segunda (25).  O espetáculo faz parte da trilogia Festas Brasileiras, formada, ainda, por Banda de São João e Arlequim de Carnaval.  Na Zona Norte, mais precisamente no Parque Santana tem espetáculo gratuito também, Natal para Sempre. As apresentações começaram no dia 21 e vão até 25, sempre às 19h. Assisti, a meninada deve gostar, mas a incorporação de muitos elementos, termina deixando a apresentação confusa.  Sou mais O Baile, com o Nordeste na veia e na verve.

Leia também:

Até Natal vira carnaval no Recife
Cantata e frevo de bloco na Várzea
Pastoris fazem a festa no Recife Comunidade do Pilar ganha musical

Serviço:
Baile do Menino Deus
Quando: Dias 23, 24 e 25
Horário: 20h
Onde: Marco Zero, no bairro do Recife
Quanto: gratuito

Natal para Sempre
DIAS: 21, 22, 23, 24 e 25
Horário:
19h
Onde: Parque Santana, bairro de Santana, Zona Norte do Recife

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife Foto: Divulgação / PCR

 

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *