Dê artesanato de presente no Natal

As ruas do Recife estão insuportáveis. Se o trânsito já é ruim em qualquer época do ano, imaginem perto do Natal, quando todo mundo sai de casa para comprar os presentes típicos de dezembro. Ontem, aqui na Zona Norte, onde resido, as ruas viraram a sucursal do inferno. Então, decidi fazer o que tinha que fazer a pé. Andando, mesmo com o desconforto de carregar pacote.

E pacote pesa, até porque tenho mania de dar livros a quem gosto. Pois fiz tudo a pé, porque o trânsito está de tirar a paciência. Nem saí dos arredores do meu bairro, fiquei ali entre o Walmart e o Plaza Shopping, onde motoristas apressados faziam um buzinaço infernal, como se o barulho insuportável apressasse o trânsito.

Há, no entanto, uma sugestão legal para lembranças de fim de ano. O Centro de Artesanato, que funciona no Marco Zero, no bairro do Recife. Melhor ir de ônibus, até porque o trânsito mudou ali, devido ao Baile do Menino Deus. Você chega um pouquinho mais cedo, faz as compras, e depois ainda assiste ao espetáculo, que virou uma tradição de família no período de Natal. Tem presente a partir de R$ 2.

E não tem aquele corre-corre de shopping center ou do comércio do vuco-vuco, no bairro de São José. O horário continua o mesmo neste fim de ano: 8h às 19h de segunda a sábado, e 8h às 16h aos domingos. Na segunda, 25, ele fecha. O movimento tá bem grande principalmente por conta do itens natalinos. São mais de 500 peças temáticas, entre guirlandas, laços, anjos, árvores e presépios, tudo feito por 30 artesãos de Pernambuco. É Natal, e tomara que o santo da casa faça milagre. Não é mesmo?

Leia também:

Sábado de bazares natalinos 
Presentes natalinos baratinhos 
Comunidade do Pilar ganha musical
Pastoris fazem a festa no Recife

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *