Cantata com frevo de bloco na Várzea

Tem gente que não sabe disso. Mas os blocos de pau e corda, os chamados blocos líricos, que tanto embelezam o carnaval, têm origem nos pastoris. Portanto, não é de estranhar que eles apareçam em cantatas natalinas, que começam a pipocar nessa época, aqui no Recife. E o Instituto Ricardo Brennand, que fica no bairro da Várzea, também preparou a sua, com participação do Coral Edgar Morais e do Bloco O Bonde.

As cantatas integram a programação do Verão no Museu. E começam nesta quinta-feira. Hoje (21)  e amanhã (22) o Coral Edgar Moraes se apresenta na Capela Nossa Senhora das Graças, a partir das 19h. A cantata será uma ode não só ao Recife como aos ritmos nordestinos, com repertório clássicos da música regional (Asa Branca), incluindo jornadas de pastoril, baiões e músicas tradicionais do período natalino.

Coral Edgar Moraes participa de cantata no Instituto Ricardo Brennand, que fica no bairro da Várzea, Zona Oeste.

No fim, uma apoteose, com o Bloco O Bonde, que prepara o clima para o carnaval de 2018, com a execução de frevos de bloco como Manhã de Sol. O Edgar Moraes – formado por filhas e parentes do famoso compositor, já falecido – tem 25 anos de estrada, sempre em defesa da música pernambucana. Normalmente, o ingresso para o IRB custa entre R$ 12 (meia) e R$ 25 (inteira). Mas as apresentações do Verão no Museu ficam entre R$ 5 e R$ 10.

Esses são os preços dos ingressos para as cantatas, que ocorrem na capela, não dando direito a percorrer o museu, até porque as cantatas ocorrem  à noite, quando a instituição funciona no horário comercial. Os ingressos para as apresentações  do Verão no Museu estão sendo comercializados nas unidades da sorveteria FriSabor dos Shoppings Plaza e Rio Mar. O projeto é uma parceria do Instituto com o produtor Johnny D’Heni, da Casa de Produção.

Leia também:

Xilogravura se aprende no Instituto Ricardo Brennand. Vamos lá?
Instituto Ricardo Brennand em festa
História do Piano no Ricardo Brennand
Postal virou peça de museu 
Rock para crianças na Várzea
Sábado de “Sangue Negro” na Várzea

Texto:  Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação / IRB

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *