Parem de derrubar árvores (82)

Tem jeito não. Hoje passei pela Rua Engenheiro Oscar Ferreira, no Poço da Panela, e encontrei mais uma vítima de arboricídio, fato cada dia mais comum para quem vive no Recife, onde a gente sempre se depara com um toco em cada esquina.

Mais um para minha triste estatística. Isso prova que a motosserra insana permanece atuante, apesar da mobilização da sociedade. A inquietação é tão grande, que o fato motivou realização de audiência pública, na Câmara Municipal do Recife, na semana passada.

No encontro, convocado pelo vereador Jayme Asfora (PMDB), algumas promessas contra esse crime ambiental foram feitas. Esperamos que se concretizem. Foi prometido um projeto de lei que cria dificuldades para a erradicação pura e simples das árvores de jardins, praças e ruas do Recife. Para matar uma, o poder público terá que publicar um laudo, justificando o motivo da degola.

E a Secretaria de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente prometeu repor as árvores  cujo assassinato foi denunciado aqui no #OxeRecife (com foto, data e endereço), através da nossa campanha #ParemDeDerrubarÁrvores. Vamos esperar para ver. Nosso verde merece toda proteção do mundo. Só certas autoridades não enxergam isso.

Leia também:

População acusa arboricídio no Recife
Arboricídio mobiliza Câmara Municipal
Lei para conter arboricídio
Compensação pelo arboricídio
Espinheiro quer túneis verdes
“Abaixo o arboricídio insano” 
Contra as “clareiras” do Espinheiro

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.