Parem de derrubar árvores (73)

Fui nesta semana ao Centro Diagnóstico Lucilo Ávila, fazer uma ressonância magnética do joelho –  machucado por conta, mais uma vez, de uma calçada assassina (felizmente dessa vez sem fratura) – e ao sair daquele centro médico me  defrontei com mais uma vítima de arboricídio, agora na Rua Dom Pedro Henrique, no bairro de Santo Amaro.

Guilhotinada, a árvore morreu. E é provável que nunca mais volte a viver. Mas uma alma boa plantou uma jiboia no seu canteiro, que está devolvendo o verde ao tronco, porque a árvore já era. Com suas folhas verdes e brancas, a jiboia está encobrindo mais  uma dessas cenas dantescas que a gente se acostumou a ver nas ruas do Recife

Gente, um lembrete. Esse problema de destruição de nossas árvores afeta o nosso futuro. Sem elas, a captação de gás carbônico é muito menor, e a qualidade do ar tende a piorar. Portanto, precisamos de nossas amigas verdes, para purificar o ar que respiramos.

Na próxima quinta-feira, no plenarinho da Câmara Municipal do Recife vai haver uma sessão pública para discutir a arborização do Recife. E é claro que o arboricídio que o #OxeRecife  denuncia vai entrar em pauta. Não deixem de ir. A iniciativa é do vereador Jayme Asfora (PMDB), foi aprovada em plenário, e acontece de nove às 13h, do próximo dia 7.

Leia também:

Parem de derrubar árvores
População acusa arboricídio no Recife
Arboricídio mobiliza Câmara Municipal
Parem de derrubar árvores (45)
Parem de derrubar árvores (56)
Parem de derrubar árvores (54)
Parem de derrubar árvores (66)

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *