Parem de derrubar árvores (72)

Dia desses, fui fazer uma caminhada passando por vários bairros do Recife, com o grupo MeninXs de Rua, que costuma explorar a cidade a pé. Passamos por Madalena, Graças, Espinheiro, Hipódromo, Campo Grande, Santo Amaro até o Marco Zero.

Foi muito divertido. Mas o percurso terminou sendo, também, um pouco triste. É que, como já registrei aqui, ao longo do meu caminho encontrei nada menos de doze árvores decepadas. Houve calçadas em que havia dois ou três tocos, só no bairro do Espinheiro. Em uma delas, na Rua Samuel Campelo, a árvore estava guilhotinada, e um pedaço dela pendurado com uma corda em um poste. Parecia uma forca.

No próximo dia 7 de dezembro, o arboricídio vai ser discutido na Câmara Municiapal, já que haverá uma sessão pública, para se debater a arborização da nossa cidade. A iniciativa é do vereador Jayme Asfora (PMDB). O #OxeRecife vai estar lá, para mostrar os a realidade de nossas ruas no que diz respeito às árvores decepadas e assassinadas pela motosserra insana.

Leia também:

População do Recife acusa arboricídio no Recife
Arboricídio mobiliza Câmara Municipal 

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

 

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *