Festa com samba na horta urbana

Hoje é dia de festa na Zona Norte. Responsáveis pela implantação da horta comunitária que terminou virando ponto de convivência no  bairro, moradores que integram o Instituto Casa Amarela Saudável e Sustentável promovem nesse dia 3 mais uma domingueira. Dessa vez, movida a samba, com um convidado especial: Jorge Ribas. Isso para assinalar o Dia do Samba, que ocorreu no sábado.

Grupo de Samba vai animar a comunidade a partir das 10h. E o evento só deve terminar por volta das 17h. Vai  ter feira de produtos orgânicos e comidas típicas. E o mote da festa tem tudo a ver: “Domingueira, Horta Comunitária de Casa Amarela. Da comunidade, para a comunidade”, diz o convite. A festa é aberta para quem quiser participar.

Como vocês sabem, o local onde ela ocorrerá foi transformado por iniciativa dos próprios moradores, que conviviam nas ruas com a presença de ratos, insetos e mau cheiro provocado pelo lixo acumulado em um terreno baldio, totalmente degradado  e em local onde documentos oficiais indicavam projeto para implantação de uma praça,  o que nunca aconteceu.

Hoje a área está ocupada com fruteiras e hortaliças, e virou um dos principais pontos de convivência de Casa Amarela. Depois de mudar a face da área, a comunidade fundou o Icass, que tenta ampliar o leque de boas ações pelo bairro, nas áreas de cultura, limpeza pública e segurança. A horta fica na Rua Professor Souto  Maior, em Casa Amarela. Quem quiser, ainda pode dar uma esticadinha ao Sítio Trindade, que  fica na Estrada do Arraial, 3249. É que aquele espaço público hoje está com programação bem movimentada: música, cinema gratuito, brechó, feirinha de artesanato. Quem quiser garantir o comércio sustentável, vai ter um leque variado de  10. Tem muita coisa interessante que pode render lembrancinhas de Natal, a partir de R$ 5.

Leia também:

Sementes que brotam na Zona Norte
Casa Amarela cada vez mais cidadã
Casa Amarela tem campanha ECOcô
Entre a horta urbana e a insegurança
Hortas fazem a festa nas escolas

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *