Teatro do Parque tem Virada Cultural

Mais um movimento em defesa do Teatro do Parque, tradicional e importante equipamento cultural do Recife, que permanece com as portas fechadas. Infelizmente. A Casa encontra-se sem funcionar desde 2010, prejudicando não só a classe artística como a população do Recife, já que ali funcionava não só teatro como também cinema a preços populares. A manifestação acontece a partir das 10h desse sábado, e deve se estender por toda tarde. A programação tem início com microfone aberto, para quem quiser falar, expor o seu descontentamento com a negligência oficial com aquela que é uma das mais tradicionais casas de espetáculo do Recife.

Às 12h, tem roda de samba comandada por Lucinha Guerra e convidados. Os organizadores do evento dizem que a turma “vai botar a Rua do Hospício para balançar”. A via, no bairro da Boa Vista, é onde se localiza o Teatro do Parque. E deverá ser interditada durante o protesto, a exemplo do que aconteceu em agosto. Por volta de 15h, começa uma roda de debates, com “Políticas Culturais e Gestão Pública”. Entre os debatedores encontram-se João Roberto Peixe, Karina de Paula, Simone Figueiredo, Júnior Afro e Fernando Coelho.  Em agosto, a Prefeitura anunciou edital para as obras, que estavam orçadas, à época, em quase R$ 6 milhões. Mas, pelo que se vê, o processo caminha a passos de tartaruga.

Em nota enviada ao #OxeRecife, a Prefeitura informou que os recursos para a realização das obras estão assegurados.  “O Ministério da Cultura (Minc) fará um repasse no valor de R$ 3 milhões, sendo a contrapartida do município de R$ 2.652.904,38. Em um trâmite regular, previsto por determinação de normativa do Governo Federal (Portaria Interministerial), o projeto final será apreciado e, a partir da sua liberação, uma nova licitação acontecerá”.  Acrescenta ainda: “Os documentos referentes à licitação foram encaminhados à Caixa Econômica Federal para análise, conforme pede a norma. Adequadas as especificações para a celebração do convênio, o processo de contratação da empresa responsável pela obra terá seguimento. A princípio, o cronograma deve ser mantido, sendo a ordem de serviço prevista para ser assinada em janeiro do próximo ano. A soma total para a reforma e restauro do Teatro do Parque é de R$ 5,652.904,38”.

 Leia também:
Virada Cultural pelo Teatro do Parque

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: PCR

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *