“Véio” Mangaba vira palhaço insone

O Capiba das Artes que acontece no Sesc Casa Amarela, encena um espetáculo imperdível, na noite desse sábado (11). E a julgar pela trinca responsável pela montagem da peça, não há como não reforçar essa convicção. O espetáculo é Saudosiar…. A Noite Insone de Um Palhaço. A direção é de Moncho Rodrigues, produção de Paulo de Castro e o ator é o multiartista Walmir Chagas, mais conhecido no Recife como o Véio Mangaba.

Eu, aliás, não perco um pastoril de ponta de rua por ele comandado. Adooooooooooooooooro. O espetáculo é musical e poético. Chagas vive um velho palhaço insone que, em seu quarto de dormir, medita e delira sobre a vida e a solidão, lembrando durante toda uma longa madrugada fatos tristes e felizes. Amores, sonhos, venturas e desventuras artísticas empreendidas em sua carreira mambembe, passam em revista pela sua mente.

A montagem é resultado de uma residência artística na cidade de Fafe, no norte de Portugal, com laboratório teatral e musical, durante os meses de setembro e outubro de 2015, numa parceria da Associação de Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco (Apacepe), com o Projeto Fafe Cidade das Artes. Para falar a verdade, até hoje nunca vi um espetáculo com o Véio Mangaba que eu não tivesse gostado. Pode ser com seu bandolim tocando chorinho, encarnando o Véio de Pastoril, cantando ou encenando peças como Sou feio e moro longe. Gostei de tudo. E essa, não via ainda, mas também deve ser boa. Vamos lá?

Serviço:
Saudosiar…A Noite insone de um palhaço
Onde: Teatro Capiba, Sesc Casa Amarela. Av. Norte, 4490, Mangabeira
Quando: Sábado, dia 11, 20h
Quanto: R$ 10 (sócios do Sesc) e R$ 20 (público em geral)
Duração: 60 minutos

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Foto: Divulgação / Sesc

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *