Quase 6000 aves resgatadas em 2017

Ele tem uma plumagem incomum, pois o colorido de suas penas mistura sete cores vivas. É o pintor verdadeiro (Tangara faustosa), ave disputada por “criadores” e traficantes de pássaros e por isso mesmo ameaçada de extinção. Um indivíduo da espécie acaba de ser resgatado no Litoral Sul de Pernambuco, em poder de uma senhora de 79 anos. Ela foi informada sobre as penas previstas para quem mantém animal silvestre em cativeiro, e decidiu fazer a entrega voluntária.

Em agosto, o Cetas já tinha recolhido outro pintor, em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. Ele havia sido encontrado por uma moradora do município, Edivânia Bezerra do Nascimento, que acolheu e tratou o pássaro, que estava com uma fratura na cauda e asas criminosamente cortadas, que o impediam de voar. Ao saber que a espécie é ameaçada, ela decidiu entregá-la voluntariamente à Cprh. Palmas para sua dupla boa ação. Eu também adoro bichinhos, Edivânia! E mesmo empiricamente, vez por outra cuido de  pássaros bebês que às vezes despencam dos ninhos das árvores, junto de minha casa. Eles comem (com comida em palitinho que dou no bico), crescem e voam. Acho lindo quando se libertam para voar pelo mundo.

O pintor encontrado no Litoral foi encaminhado ao Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), da Cprh,  que fica no bairro da Guabiraba. Lá deverá ser reabilitado, para posterior reintrodução à natureza. Além do pintor, foram resgatados, em outros endereços, dois sanhaçus, um guriatã e um papa-capim, também encaminhados ao Cetas. Este ano, de janeiro a setembro, o Centro de Triagem da Cprh já acolheu 6.993 animais silvestres, a maioria (5.985) aves, muitas vítimas do tráfico. No mesmo período, 4.781 animais (sendo 4.166 aves) foram devolvidos à natureza.

Leia também:

Pintor ameaçado salvo por Edivânia
Aves cativas ganharão liberdade
Vítimas de tráfico são repatriadas
Aves novamente apreendidas
Respeite o faxineiro da natureza

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Jonathas Brito/ Divulgação / Cprh         

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *