Cães na praia: Ninguém cumpre a lei

Todo mundo está vendo o que esse lindo totó da foto está fazendo. Ou pelo menos, tentando fazer. Não tenho nada contra cachorros. Mas sim contra seus donos porcalhões. A lei proíbe presença de animais na praia. Mas em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, as areias estão cheias deles. E o que é pior: os donos simplesmente levam os bichinhos para a beira-mar, não só para dar um passeio, como também para que deixem lá seus “carimbos”.

Estive em Boa Viagem, nesse feriadão. No sábado, fui do Tulip Hotel até o Parque Dona Lindu, aproveitando a maré baixa, a areia durinha e o sol do início da manhã para caminhar. No percurso, encontrei nada menos de doze pessoas com seus cachorros. Alguns presos pela coleira, outros totalmente livres, acompanhando os seus donos. Acho muito bonito essa amizade entre os homens e os animais. O problema é que cada um no seu devido lugar, o que não vem ocorrendo na nossa Orla.

Flagrante desrespeito à lei, na praia de Boa Viagem, pois presença de animais na areia é proibida. Cadê a fiscalização?

Todo mundo sabe que fezes de cachorros deixadas na praia contaminam a areia, podendo levar doenças para banhistas, inclusive colocando em risco saúde de crianças, que são os que mais brincam na areia. Mas, pelo que se observa, falta fiscalização.  A Vigilância Sanitária, a Guarda Municipal e a Polícia Militar nada fazem.  Bastava convidar o banhista a se retirar com o animal. Até que eu não acharia tão absurda a presença dos caninos nas areias, se os donos andassem, pelo menos, com um saquinho plástico para recolher os dejetos dos animais.

Mas hoje fiquei de olho. Das doze pessoas que encontrei na areia, conduzindo seus totós, só uma – UMA – tinha saquinho para recolher a sujeira. Os outros deixaram pela praia mesmo. E a saúde da gente como é que fica? Há umma lei estadual que disciplina o assunto, e ela  nem é assim tão nova (12.810 de 10/05/2005).  Portanto, já devia estar sendo muito bem cumprida. E  lei diz que fica “proibida a permanência, a condução ou o trânsito de qualquer animal na faixa de praia do litoral pernambucano”. E a lei vale para animais “de grande ou pequeno porte, em todos os dias da semana, todos os meses do ano”. Ou seja, cachorrinho, nem pensar….

Leia mais:

“Praia Limpa” para Boa Viagem e Pina
Dia de muito trabalho em Boa Viagem
Boa Viagem divina hoje
Boa Viagem com a cor do PSB
Semoc garante ordem em Boa Viagem
Boa Viagem precisa de maior cuidado
Cadê o verão do Recife frio?

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

4 comentários

  1. Como moradora da praia de Boa Viagem me sinto temerosa em passear pelo calçadão e muito mais de tomar banho na praia. São muitas pessoas que se acham no direito de levar os seus cães e dar banho de mar. Qualquer reclamação que fazemos elas partem para cima de nós a ponto de nos ameaçar com o ataque de seus cães. Infelizmente o que era lazer está se tornando local de estresse. O pior é que não sabemos nem a quem reclamar…

    1. Oi, Auxiliadora. Já estou em contato com a Prefeitura, e assim que me responderem sobre a quem vc deve se dirigir, informo aqui. Um abraço.

      1. Também tenho grande interesse nessa informação e intender por que bombeiros não pedem que os donos com seus animais se retirem como é comum em muitas praias do Brasil.

    2. Hoje vi dois cachorros defecando na areia da praia de Boa viagem, próximo as piscina naturais; os donos simplesmente cobriram as fezes com areia e seguiram caminhando como se nada tivesse acontecido. Nesse mesmo local também presenciei os mesmos cães atacando um ao outro e foram parar em cima de uma turista desavisada, que se defendeu com uma cadeira. Quase todos os dias vejo cachorros na areia da praia tomando banho com seus donos e importunando adultos e crianças. Ninguém faz cumprir a lei e os donos dos animais acham que não é nada demais poluir apraia com fezes de animais e forçar outras pessoas a tomar banho de mar com seus cães. acho que já podemos dar adeus aos turistas que procurarão outros locais mais higiênicos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *