Entre a horta urbana e a insegurança

Depois de criar horta comunitária e implantar ações para o bem estar coletivo, o Instituto Casa Amarela Saudável e Sustentável (Icass) está tomando outra providência, agora para melhorar a segurança daquele populoso bairro da Zona Norte, onde o volume de assaltos tem crescido muito nos últimos meses. Está convocando os condomínios da localidade, para participar da Rede de Síndicos do Bairro Por Segurança e Qualidade de Vida. A rede digital começa a funcionar no próximo dia 12 de outubro e até a quarta-feira, o Icass e está recebendo  contatos de WhatApp para formar o grupo.

No dia 12 de outubro, com a Rede já constituída, o Icass vai apresentar regras aos participantes, e também começar a discutir iniciativas conjuntas, que possam contribuir para “a segurança do bairro, que está sofrendo com o aumento da criminalidade”. Segundo o Coordenador do Icass, Wanderson Holanda, vem sendo agendada uma reunião para o próximo dia 21, com autoridades da área de segurança para que sejam apresentadas sugestões e iniciativas que possam contribuir para melhorar a situação de Casa Amarela. “Só falta definir o horário”.

A comunidade quer descobrir a melhor forma de colaborar com as autoridades, para reduzir a insegurança no bairro. “A Rede  terá foco em ações concretas e de resultados reais dentro, preferencialmente, do que se entende por Smart Cities (cidades inteligentes), cidades saudáveis e sustentáveis. Podem participar do grupo síndicos ou representante com poder decisório (como subsíndico) ou alguém com delegação especial para representar o condomínio”. Quem quiser participar da Rede, tem até o dia 11 de outubro para se inscrever. A inscrição pode ser feita através do WhatsApp 996939018, ou então na facebook.com/institutocasaamarelasaudavelesustental.

É muito salutar ver a comunidade se organizar para defender sua rua, seu bairro, sua cidade. E as hortas urbanas e comunitárias que começam a ser implantadas em várias cidades brasileiras, e também no Recife, já provaram que contribuem não só para melhorar a qualidade do meio ambiente, como também para promover integração entre os moradores. Em São Paulo, a horta urbana da Vila Madalena mudou tanto os hábitos dos moradores do charmoso bairro da capital paulista, que já rendeu até dissertação de mestrado. A horta urbana e orgânica de Casa Amarela funciona em um terreno que vivia degradado e cheio de lixo. A comunidade ocupou, limpou e plantou. Pelos planos oficiais, o local deveria ter sido uma praça. Mas que nunca foi construída. Outra área degradada que vem sendo transformada em horta fica no Poço da Panela, o Jardim Secreto, também na Zona Norte.

Leia também:

Sementes que brotam na Zona Norte
A felicidade coletiva do Jardim Secreto
História do Jardim Secreto para Crianças
Vaquinha para o Jardim Secreto
Olha! Recife extra no Sítio Trindade

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *