Paço Alfândega e igrejas no Olha! Recife

O Olha! Recife deste final de semana incursiona pela história das ordens religiosas no Recife, e falará da presença de jesuítas, franciscanos e oratorianos em nossa cidade. Por esse motivo, o roteiro passa pelas igrejas da Ordem Terceira de São Francisco, pela Igreja do Espírito Santo e também pelo Forum Thomas de Aquino, onde funcionava um antigo convento jesuíta. De lá, o passeio será finalizado no Paço Alfândega (onde funcionou um convento dos oratorianos). O percurso termina na Igreja da Madre de Deus.

Os dois últimos não chegam a ser uma grande novidade, porque são locais muito frequentados pela população do Recife.  Sendo que o templo já integrou vários roteiros daquele programa de sensibilização turística oferecido pelo município. Mesmo assim, muitas informações serão repassadas, a respeito das três ordens religiosas que se instalaram na nossa cidade ao longo do tempo, e que contribuíram não só no desenvolvimento urbano da cidade, como também nos hábitos civis, educacionais, religiosos e até mesmo na nossa arquitetura.

O Paço data do século 18. Fica à margem do Rio Capibaribe e hoje funciona como shopping center. No passado, chegou ser abrigo religioso, sendo convento da Ordem de São Felipe, ficando conhecido como Convento dos Oratorianos. Já a Igreja da Madre de Deus teve construção autorizada em 1630, e foi concluída em 1709, também utilizada pelos oratorianos. Ela é tombada desde 1938 pelo Iphan. Na quarta-feira (4), o passeio a pé homenageará Abelardo da Hora (1924-2014). O pernambucano, que foi escultor, desenhista, gravador e ceramista, fez seu nome ser conhecido no Brasil. Integrante do Movimento de Cultura Popular (MCP), que mobilizou o Recife na década de 1960, ele retratou com precisão a o cotidiano da população menos favorecida do Recife.

Na sua arte de Abelardo Da Hora também há espaço para a cultura popular em frevos, maracatus e bumba meu boi, e as belezas do corpo feminino. O passeio levará os participantes para conhecer algumas das esculturas feitas pelo artista e que hoje embelezam e encantam vários pontos do Recife como Basílica do Carmo, Praça Vidal de Negreiros, Praça Joaquim Nabuco e Parque 13 de Maio.Os dois passeios a pé contam com 70 vagas cada. A inscrição acontece a partir das 9h da sexta-feira (29) no site www.olharecife.com.br. A organização sugere que os participantes doem um quilo de alimento não perecível. A Secretaria e Turismo, Espotes e Lazer a cada três meses escolhe uma instituição sem fins lucrativos para realizar as doações.

Serviço:
Olha! Recife a pé (Domingo)
Dia: 01/10
Hora: 14h
Saída: Praça do Arsenal da Marinha (Posto de Informações Turísticas)

Olha! Recife a Pé (Quarta)
Dia: 04/10
Hora: 14h
Saída: Basílica do Carmo

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.