História do Jardim Secreto Para Crianças

Quem não sabe, é bom saber. Era uma vez um terreno abandonado, à beira de um rio chamado Capibaribe, palavra que, na linguagem dos nossos ancestrais, quer dizer Rio das Capivaras, animais cada vez mais raros na nossa paisagem. O terreno tem 3 mil metros quadrados e vivia coberto de lixo, metralhas, tocos de árvores. Um dia, os moradores de um bairro chamado Poço da Panela, decidiram colocar fim àquela sujeira, igual à  que ocorre em tantos outros terrenos à beira do Rio.

Grupo de moradores do Poço da Panela pegou no pesado para implantar o Jardim Secreto, que hoje faz festa de tarde.

Um rio, que no passado, foi fonte de alimentos para a população que não tinha emprego nem renda. Ele era generoso, com seus peixes – camorins, carapebas, saúnas entre outos – e muita gente dependia dele para se alimentar. O rio era, ainda, farto em ostras e caranguejos, que viviam pelos seus manguezais. Mas o homem foi construindo o Recife sem cuidado e passou a poluir o rio. A cidade inchou, e só 30 por cento de sua população tem esgoto. Tanto as classes abastadas quanto a que mora em barracos, jogam ali os seus dejetos.

O rio foi sendo, assim, prejudicado. Também começaram a fazer casas, edifícios, condomínios, tudo de costas para ele. Como se ele fosse o quintal do mundo, com terrenos que iam virando um lixão. No Poço da Panela, também era assim. Até que os moradores decidiram dar um exemplo de união e cidadania. E resolveram limpar o terreno e construir, ali, um Jardim Secreto. Secreto, porque poucas pessoas conheciam o lugar. A não ser os que dependem da travessia, feita de barco. Pois o Jardim Secreto virou uma realidade. Ainda não está pronto, mas já virou motivo de comemoração, com o terreno limpo (com a solicitada e atendida ajuda da Prefeitura), ganhou poço para irrigação, jardins, hortinhas e está ficando um primor.

Flores e hortaliças começam a brotar, onde antes havia metralhas, lixo e até bichos mortos. Agora a área orgulha o bairro.

As pessoas que costumavam jogar lixo no lugar, agora ficam com vergonha de sujar o Jardim Secreto, tão bonito, e tão cheio de energia positiva e boas intenções. Hoje, a partir das 14h, o Jardim Secreto já vai ser motivo de comemoração.  Vai ter contação de histórias, bolhas gigantes, Projeto Orquestrando.  A festa é para crianças e adultos. O endereço é  seguindo a Rua Marquês de Tamandaré, até à margem do Capibaribe. A festa vai reunir moradores do Poço da Panela, e de comunidades como a do Cabocó e do Caiara, que ficam do outro lado do Rio. A iniciativa da Associação de Moradores e Amigos do Poço da Panela (Amapp) serve para mostrar a adultos e crianças que não é preciso esperar só pelo poder público para iniciativas que contribuam para humanizar uma cidade. Viva o Poço da Panela e o Jardim Secreto. E que outros bairros à beira do Rio mirem-se no seu exemplo.

Leia também:
Em busca do Jardim Secreto
Jardim Secreto a todo vapor no Poço
Mutirão do Jardim Secreto é hoje
Mutirão dá início ao Jardim Secreto
Praça renovada no Poço da Panela
Parem de derrubar árvores (53)

Serviço:
Conhecendo o Jardim Secreto
Quando: hoje, a partir das 14h
Onde: final da Rua Marquês de Tamandaré, à margem do Rio Capibaribe, Poço da Panela.
Acesso: gratuito
Horário: a partir das 14h
Atrações: contação de história, bolhas gigantes, Projeto Orquestrando

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação no WhatsApp / Jardim Secreto

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *