Achado bebê, Diego já é um “rapaz”

Quem for ao Plaza Shopping conferir a Feira Artesanatos do Mundo  (título aliás, bem pretensioso para um punhado de barracas), deve dar uma passadinha na exposição fotográfica Animais Silvestres: Eles precisam de nós, que está em cartaz naquele centro de compras, localizado em Casa Forte. O horário de visitação é das 10h às 22h.

Iniciativa da Agência Estadual do Meio Ambiente (Cprh) e Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), ela integra a programação da Terceira Semana da Fauna, que ocorre até o próximo dia 25, quando a mostra será encerrada. Nela, você vai ver como  está Diego, que vem sendo cuidado pelo Cetas Tangará, depois que perdeu  a mãe. Na foto acima, você vê o bichinho, ainda bebê. Na foto abaixo, observe como está lindo e exuberante agora.

Diego era um bebê quando foi resgatado, mas virou um “rapaz” exuberante e será devolvido à natureza brevemente.

Diego estava na mata, perdido, em Serrita, a 544 quilômetros do Recife, quando foi resgatado. Sua mãe,uma onça sussuaruna, havia sido capturada por caçadores desalmados. Outro animal que aparece na mostra é a capivara que quase vira churrasco na Zona Oeste do Recife. Ela foi salva por um pedreiro que a levou em um carro de mão para os órgãos competentes. Para evitar que o bichinho fosse morto, ele andou a pé oito quilômetros, empurrando o carrinho.

Também aparecem na mostra tamanduás e preguiças, que foram acolhidos no Cetas Tangara, o centro de triagem de animais silvestres da Cprh. Só este ano, entre os meses de janeiro a julho, o Cetas recebeu 6.073 animais, dos quais 4.308 foram devolvidos à natureza. No decorrer desta semana, várias reintroduções vêm sendo feitas.

Leia também: 
Onça bebê é resgatada no Sertão
Pedreiro salva capivara empurrando carro de mão por oito quilômetros
Capivara resgatada volta à natureza
Cprh devolve 4.308 animais à natureza
Animais: “Eles precisam de nós” ]

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação / Cprh

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.