Dejetos infectos em Casa Forte

Tem jeito não. Faz uma semana que a fedentina corre solta, no acesso de pedestres para o Plaza Shopping, que fica em Casa Forte. Hoje voltei a ir àquele centro de compras, e estava difícil chegar lá. Como costumo resolver minhas coisas a pé – banco, pequenas compras, farmácia, padaria – terminei tendo que enfrentar a sujeira. Mas o fedor estava tão insuportável, que fui por outro caminho, mais distante, para não ter que pisar no esgoto estourado, cuja água se espalha por calçada e asfalto.

E ainda tem motorista mal educado a caminho ou de saída do estacionamento, que acha pouco o mau cheiro,  e dá banho de esgoto em quem está passando por lá a pé, porque a sujeira já se espalhou pelas duas vias de acesso e também pela pequena passarela de pedestre. Como alguns trechos das calçadas laterais são cobertos de plantas, as pessoas são obrigadas a se equilibrar pelo meio-fio, para não pisar nos dejetos infectos, como vocês podem observar na foto.

Eu adoro jardins, plantas, flores. Aliás, penso que todo mundo adora. Mas infelizmente ali não resta espaço para pedestre, sem que ele tenha que pisar na porcaria. Para escapar da sujeira, o jeito é mesmo se equilibrar pelo meio fio. É triste morar em uma cidade onde apenas 30 por cento da população dispõe de esgoto. E pelo que se vê, onde tem, não é suficiente para o gasto. Mas pelo que se vê, a propagada rapidez em resolver o problema não passa de promessa. No caso do Plaza, resta saber quem é a culpa ou a omissão. Do Shopping ou da Compesa? #OxeRecife

Nota do #OxeRecife: A Compesa informou ao #OxeRecife que o problema não é dela. Segundo a assessoria de imprensa da empresa, ” Os técnicos estiveram no endereço mencionado no link abaixo e não encontraram qualquer anormalidade no sistema de esgotamento sanitário, operado pela companhia”.  http://oxerecife.com.br/2017/05/11/esgoto-no-caminho-do-plaza/

Bom, nesse caso, vamos esperar o que o Plaza tem a dizer.

Texto e foto: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.