Mão Molenga faz festa dos bonecos

Taí, um programa divertido para crianças e adultos. Afinal, todos nós gostamos de bonecos, sejam mamulengos populares ou marionetes, das mais sofisticadas. Pois anote na sua agenda. Amanhã, quarta-feira, começa a exposição Mão Molenga – Cenas de uma História, relatando a trajetória desse importante grupo pernambucano de teatro de bonecos. São mais de 30 anos de estrada, com excursões em todas as regiões do país e um acervo de quase  vinte montagens.

A exposição será aberta às 17h da quarta-feira (10), na Galeria Corbiniano Lins, que funciona no Sesc Santo Amaro. E vai mostrar que os bonecos têm vida além do palco e dos espetáculos para os quais foram criados. E que, na realidade, mais do que personagens, são verdadeiras obras de arte. Ao todo, 300 peças estarão expostas, depois de terem sido restauradas com apoio do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura). A entrada é grátis e você não pode perder. A iniciativa faz parte das comemorações para assinalar três décadas de existência do Mão Molenga ( 1986-2016).

Grupo de Teatro de Bonecos Mão Molenga tem programação à altura de sua bela história.
Grupo de Teatro de Bonecos Mão Molenga tem programação à altura de sua bela história, com acervo de 18 montagens.

O Mão Molenga tem um acervo de 18 montagens, entre espetáculos tradicionais e institucionais, como por exemplo aqueles utilizados em campanhas educativas de trânsito, contra drogas ou contra o desperdício de água. Já percorreu dezenas de cidades por todo o país. Em 2000, durante as comemorações dos cinco séculos de descobrimento do Brasil, o Grupo Mão Molenga estrelou  uma série de 18 episódios, produzida pela Fundação Joaquim Nabuco, em que os bonecos contavam os 500 anos de nossa história. A série “Brasil 500 anos” foi exibida em escolas, ganhou as telas da televisão e ficou famosa no país.  A programação paralela à Mostra no Sesc inclui rodas de conversa, oficinas, lançamento de exposição virtual e apresentações de espetáculos.

Uma boa dica: a oficina ministrada por um dos fundadores do Grupo, Fábio Caio, abordando construção de bonecos. Os preços variam de R$ 20 (comerciários ) a R$ 40 (para público em geral). Essas oficinas ocorrerão nos dias 20 de maio e 17 de junho, de 9 às 12 h, no Sesc. Outras atrações imperdíveis da programação, ainda esse mês, são dois espetáculos que serão apresentados: Babau ( dia 28 de maio, às 16h) e O Fio Mágico (29 de maio, no mesmo horário, ambos no Teatro Marco Camarotti).  Os ingressos custam de R$ 10 a R$ 20. E durante a Mostra Pernambucana de Teatro de Bonecos, no próximo dia 30, haverá um debate no Teatro Marco Camarotti sobre a contribuição de grupos e instituições na formação do teatro de formas animadas em Pernambuco. Debate tem início previsto 19h. Entrada franca.

Serviço:
Exposição Mão Molenga, Cenas de uma História
Abertura: 17h do  dia 10 de maio
Local: Galeria Corbiniano Lins, Sesc Santo Amaro, Rua 13 de Maio, 455, Santo Amaro
Visitas: de segunda a sexta, das 9h às 17h.
Período: De 10 de maio a 30 de julho
Agenda para grupos: (81) 32161728

Espetáculos de maio:
Babau – Dia 28/5, às 16h
O Fio Mágico – Dia 29/5 às 16h
Onde: Teatro Marco Camarotti, no Sesc Santo Amaro, Rua 13 de Maio, 455, Santo Amaro
Preços: R$ 10 e R$ 20.

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife
Fotos: Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *