Renata Tarub: dança e inclusão social

Renata Batista Marinho de Magalhães não é um nome conhecido no Recife.  Mas Renata Tarub, muita gente sabe quem é.  É o nome artístico da fundadora e coordenadora do Projeto Dançabilita, que usa  a dança para promover a inclusão de pessoas não só em situação de vulnerabilidade social como também daqueles que têm algum tipo de deficiência. Pessoas com depressão ou obesas (que não se encaixam em academias convencionais) também são atendidas, e têm naquela forma de expressão corporal um meio de aumentar a autoestima e a satisfação pessoal.

O Projeto – mantido à base de contribuições e do voluntariado – é conduzido por mais três pessoas, todas também dançarinas. São elas: Brenda Amorim, Luana Perrusi e Larissa Neres. Luana tem hiperecplexia (Síndrome do Sobressalto) e Larissa possui Síndrome de Down. As síndromes não impedem Luana e Larissa de desenvolver um belo trabalho. Vejam que coisa linda. Elas integram a Companhia Árabe Dançabilita, através da qual  ensinam várias formas de dança, inclusive a do ventre. As pessoas que fazem o Dançabilita unem a força da habilidade ao conforto da reabilitação. Melhor para todos, inclusive  para aqueles que precisam de cadeiras de rodas para locomoção.

“Eu e Brenda não temos nenhum tipo de deficiência. E Luana e Larissa prestam grande contribuição ao grupo. Nossa companhia é mista e é assim que se faz a inclusão”, conta Renata, que dá aulas, também, para mulheres grávidas ou mesmo aquelas que tiveram bebês e que usam o sistema canguru de carregar os filhos. A própria Renata dançava até perto do dia de parir, e depois passou a dar aulas com seu bebê pendurado no colo. No momento, a turma trabalha na organização da Quarta Mostra Inclusiva Dançabilita, que ocorrerá no próximo dia 12 de maio, 19h, no Parque Dona Lindu, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife.  Pessoas cadeirantes mostrarão suas habilidades dançantes. Nota dez, para essas meninas.  A sede do grupo fica na Rua Pereira Coutinho  Filho, 776, onde funciona o Espaço Dançabilita.

Texto: Letícia Lins / #OxeRecife

Fotos: Dançabilita / Divulgação

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *