Veja a flora do Sertão em Dois Irmãos

Em 2017, a Campanha da Fraternidade tem como tema  “Biomas brasileiros e a Defesa da Vida”. Para os que não lembram, o País possui seis biomas, mas apenas um é exclusivo do Brasil: a Caatinga. Para quem nunca foi ao Sertão,  uma boa pedida para saber como é sua vegetação é visitar o Cactário que funciona no Parque Estadual de Dois Irmãos (Pedi), que exibe um pequeno mostruário do que é a vegetação de Semi-Árido brasileiro,  entre macambiras e mandacarus. A região da caatinga possui cerca de mil espécies vegetais identificadas, embora estime-se que as variedades  possam chegar a 3 mil.

Em Dois Irmãos, na Zona Norte do Recife, os visitantes podem se familiarizar com 30 espécies, entre as mais conhecidas e características do Agreste e do Sertão. O Cactário abriga plantas de quatro famílias. São elas: cactáceas (mandacarus, palmatórias, facheiro, coroa de frade); crassuláceas (que são parecidas com as cactáceas, porém sem espinhos, e são mais conhecidas como suculentas).  Há, também, as bromeliáceas (popularmente chamadas de bromélias), que tanto podem nascer em ambientes úmidos quanto em rochas. Há exemplares, ainda, da família das portulacáceas, às quais pertencem plantas como as onze-horas, hoje disseminadas como decorativas, em jardins públicos e privados. Elas floram diariamente, mas as flores passam só poucas horas abertas.

Localizado na área do Zoobotânico de Dois Irmãos, o Cactário abriga 30 espécies nativas da caatinga.
Na área do Zoobotânico de Dois Irmãos,  Cactário abriga 30 espécies nativas da caatinga, bioma exclusivo do Brasil.

O cactário foi inaugurado  pelo Secretário do Meio Ambiente  e Sustentabilidade de Pernambuco, Sergio Xavier, em 2016, durante o aniversário de 77 anos do zoológico do Parque Estadual de Dois Irmãos. O objetivo do Cactário é tornar mais conhecida a vegetação do Agreste e do Sertão,  regiões que compõe o Semi-Árido, situado no Nordeste. O Semi-Árido representa boa parte do território pernambucano (82 por cento) e onze por cento da  área do Brasil.

Para George Barros, gestor da unidade de conservação, “o bioma caatinga é o maior em extensão em Pernambuco e o ambiente do cactário é uma oportunidade para os visitantes conhecerem um pouco da paisagem do Agreste e do Sertão aqui no Recife”. Apesar da vegetação do Semi-Árido estar sempre associada a folhas secas e árvores desfolhadas (o que ocorre nas estiagens), a região apresenta um rico colorido, quando começam as primeiras chuvas. Um bom exemplo disso pode ser visto belíssimo livro Sertão VerdePaisagens, do fotógrafo pernambucano Fred Jordão.

Serviço:

O  Parque Estadual de Dois Irmãos fica na Praça Farias Neves, e funciona de terça-feira a domingo, entre 9h e 16h.  O ingresso é R$ 2, mas crianças com até um metro, idosos e pessoas com necessidades especiais entram de graça.

Texto e fotos: Letícia Lins / #OxeRecife

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *