“Obsessão” é um bom motivo para gargalhar

Quase morri de rir, quando assisti “Obsessão”, peça de teatro que mostra a história de amizade e rivalidade entre duas mulheres, Lívia e Marina. Que, claro, disputam o mesmos homem.  Por aí já dá para imaginar a confusão criada, diante de uma situação grotesca, que beira o melodrama e o folhetim. Assisti a peça no Teatro do Salesiano, com a casa cheia, em sua primeira temporada no Recife. Recomendo.

Agora o espetáculo está de volta, em apresentação única. Será amanhã, sexta-feira (dia 2) às 20h, em palco nobre: o Teatro Santa Isabel. Os ingressos estão à venda. Lívia e Marina são interpretadas pelas atrizes Nilza Lisboa e Simone Figueiredo, que dão show de interpretação. Com texto de Carla Faour, “Obsessão” tem narrativa não linear, pois a ordem cronológica das cenas é subvertida a cada instante.

Lívia (Nilza) e Marina (Simone) são confidentes. Compartilham amizade, tristezas e sonhos. Mas a amizade começa a desandar, quando Lívia se apaixona por Marcelo. Ela enaltece tanto as qualidades do seu macho, que Marina se descobre apaixonada pelo companheiro da amiga. Por conta dessa situação, os diálogos abrangem sonhos, frustrações, realização profissional, casamento, solidão. Enfim, o universo feminino e amoroso é retratado com  leveza e bom humor.

No elenco, além das duas atrizes, estão Sílvio Pinto e os jovens atores Tarcísio Vieira e Diógenes Pinto. A direção é de Henrique Tavares. Simone, Nilza e Sílvio também atuaram como produtores do espetáculo.

Serviço:

Espetáculo: Obsessão

Local: Teatro Santa Isabel

Data e horário: 2 de dezembro, 20h 

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.