Aprenda a estampar suas roupas

Uma dica boa para quem pretende explorar os arredores da Várzea – um dos bairros ainda não verticalizados do Recife – no próximo final de semana. E uma visita ao Instituto Ricardo Brennand é sempre um programa agradável. Se for para aprender alguma coisa, melhor ainda. Além de conhecer mais a história de Pernambuco e dos seus artistas, a pedida é se matricular nas oficinas que  acontecem no IRB, desde o último dia 12, para assinalar o mês da Consciência Negra. As oficinas, em homenagem a Zumbi dos Palmares, exigem investimento de apenas R$ 30. As últimas aconteceram entre os dias 12 e 13 de novembro. As próximas (de estamparia étnica) ocorrem a 19 e 20 deste mesmo mês.

A homenagem a Zumbi dos Palmares e a celebração ao mês da Consciência Negra dão o tom das oficinas de artes, realizadas durante dois finais de semana no Instituto Ricardo Brennand. As instruções acontecem aos sábados e domingos, sempre a partir das 15h e são livres para todas as idades. O investimento é de R$ 30,00. A duração é de duas horas, e os inscritos vão aprender não só técnicas artísticas ligadas ao tema escolhido, como também contarão com profissionais do IRB para explorar o acervo do Museu que tem ligação com o assunto.

No final, os participantes de oficinas podem ficar com as peças elaboradas por eles. Quem preferir, pode levar seus próprios lenços de cabeça, para aprender a fazer amarrações (turbantes). Também pode utilizar roupas – como camisetas, vestidos, saias – para customizar. Visitar o IRB é sempre ter contato com a natureza, já que na Várzea ainda há preservação do verde e árvores nativas da Mata Atlântica. Segundo  F.A. Pereira da Costa, “as terras da Várzea foram  das primeiras que se repartiram por diversos colonos, logo em começos da povoação de Pernambuco, na primeira metade do século XVI”. Além disso, o que não falta no Museu são as obras de artistas que deixaram como legado os “retratos” de nossa história, sendo Franz Post o mais famoso deles.

O Instituto Ricardo Brennand ensina estampas étnicas e oferece visitas sobre consciência negra.
O Instituto Ricardo Brennand oferece  guias  para visitas sobre consciência negra. (Foto: Paloma Amorim)

Serviço:
Consciência Negra nas oficinas de arte novembro

Quando: 

         12 e 13 – Oficina de Turbantes

         19 e 20 – Oficina de estamparia étnica

Quanto: R$ 30,00 por pessoa (livre para todas as idades)

Instituto Ricardo Brennand

Alameda Antônio Brennand – São João – Várzea

Entrada: R$ 25,00 (inteira) e R$ 12,00 (meia)

 

 

 

 

Compartilhe

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.